Quem sOu eu C=

Minha foto
Garotinha que quer ser Mulher, Mulher que quer ser Garotinha.. Enfim sou apenas uma adolescente em busca de sua propria identidade !!

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

VOLTA ÀS AULAS – PARTE 3 (Como Estudar Melhor)

As férias estão acabando, as aulas voltando, então ai vão algumas Dicas pro Volta às Aulas !
O ideal é você se preparar desde o início do ano, se programando e estudando para não correr o risco de no final do ano suas notas estarem abaixo da média e você ficar de recuperação, então que tal dar uma olhada nas 15 dicas para estudar melhor, retiradas do site “Efetividade”





Experimente tomar notas à mão: Ter um bloco ou caderno para anotações livres para anotar nele os conceitos interessantes, colocando data, título e matéria no topo de cada página é uma maneira eficiente para estimular a memorização imediata e definitiva dos conceitos.
Dica extra: o método Cornell de anotações(vou falar sobre ele amanhã)adapta-se a qualquer caderno, e facilita a consulta posterior.

Passe a limpo suas anotações: Reescrever tudo aquilo que foi feito a aula, organizando-os, analisando e sintetizando, é rápido, favorece a memorização e o entendimento, e pode reduzir a necessidade de algumas horas de estudo na véspera da prova.

Exercite seu poder de síntese: O importante não é quantas páginas você escreve, mas sim o quanto estas anotações conseguirão ajudá-lo na hora de rever ou estudar o conteúdo. Dizer muito em poucas palavras é uma habilidade valiosa para toda a vida.

“Quem não sabe, ensina”: Após ter estudado, encontre algum colega que entenda menos do que você e procure explicar a ele alguns dos conceitos básicos. Isso te ajuda a identificar os pontos que você precisa revisar. E ainda por cima pode ajudar o colega.

Encontre o ambiente certo para estudar: Encontre um lugar sem ruídos, sem tentações que o distraiam, com os recursos necessários, e com espaço suficiente para espalhar seu material. Procure estudar sempre no mesmo local – o cérebro é uma máquina associativa, e se ele associar o ambiente ao ato de estudar, produzir e reter informações, você só tem a ganhar.

Experimente ouvir música: a música ajuda a cancelar ruídos externos, e para algumas pessoas pode ajudar na memorização – ao associar os conceitos com a música que estava tocando na hora, o cérebro pode recuperar a informação a partir deste mesmo estímulo(Você pode conseguir “puxar” conceitos na hora da prova ao tentar lembrar das músicas que tocaram enquanto estudava). Se isto funcionar para você, saiba que não existe um estilo musical “certo”: uns preferem Bach, outros preferem Chico Buarque.

Acorde cedo: Acostume-se a acordar mais cedo e tenha mais tempo para realizar seus compromissos escolares, e para aproveitar depois de completá-los!

Tenha uma agenda: não importa a tecnologia. Pode ser um caderno simples, a lista de compromissos do seu celular, ou o que quer que funcione para você. O importante é que você não esqueça dos prazos de seus compromissos escolares. Se a sua opção de agenda tiver como avisá-lo ativamente sobre os compromissos é melhor (diminui a chance de esquecer de preparar um trabalho ou estudar para algum exame).

Preste atenção na associatividade: procure sempre encontrar padrões e pontos em comum entre os tópicos do seu estudo, e associe-os a imagens claras e vívidas. Se você fizer estes relacionamentos, fica mais fácil relembrar cada um dos tópicos, pois você pode seguir a cadeia de ligações.

Não force: Estudar apenas na véspera, ou passar a noite estudando, são maneiras erradas de tentar guardar a informação. Você pode ir melhor na prova, estudando menos horas, se fizer força para entender os conceitos durante as aulas, e procurar memorizá-los logo após aprender, e não apenas na véspera dos prazos-limite. Mas, por via das dúvidas, saiba como estudar em emergências escolares também.

Não confunda material e aprendizado: aprender é algo que acontece dentro da sua cabeça, e não nas folhas do caderno. Rabisque, rasure, faça o que for necessário para entender e registrar os conceitos. Não adianta ter 16 canetas diferentes e o caderno mais completo da turma, se você não entender o que está escrito, ou se apenas copiar algo que não compreendeu.

Faça o que tem que ser feito: se você adiar, vai ter de fazer do mesmo jeito e com mais pressa, ou não vai conseguir completar o curso. Saiba quais são suas obrigações, e planeje seu cumprimento para poder fazer tudo com menos esforço. Deixar para a última hora torna o trabalho mais difícil e arriscado.

Lazer e descompressão: Dedicar-se aos estudos sempre pode exigir abrir mão de algumas coisas, mas se você ficar todo o tempo debruçado sobre os cadernos não vai se manter motivado por muito tempo. Programe pausas e saiba quando realizar um intervalo emergencial para evitar a sobrecarga. Na pausa, abra o MSN, cozinhe, ande de bicicleta, acesse meu blog =), visite algum amigo, e tire os estudos da cabeça. Em compensação, evite manter atividades paralelas que prejudiquem a concentração durante o estudo.

Não exagere na alocação das horas de estudo: O melhor é estudar *bem*, e não necessariamente estudar *muito*.

Lembre-se por que você está estudando: se você não está ali por opção, não encontrará motivação para ir bem. É provável que o ambiente escolar não esteja sempre a seu favor. Mesmo assim, lembre-se dos motivos pelos quais você está estudando, e avance na direção dos seus objetivos.
Espero que as dicas sejam válidas.. beeijo grande =*

Um comentário:

  1. ola flor zinha! lindo de mais seu blog!
    seguindo vc!me segue tbm!
    http://stilo-pink.blogspot.com
    bjos*nyna

    ResponderExcluir